SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2A personalização do embrião humano: da transcendência na biologiaProduzindo corpo, doença e tratamento no ambulatório: apresentação de casos e registro em prontuário índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

SILVA, Gláucia. A (di)gestão do risco nuclear na França: o caso das Comissões Locais de Informação. Mana [online]. 2007, vol.13, n.2, pp.441-470. ISSN 0104-9313.  https://doi.org/10.1590/S0104-93132007000200006.

No artigo, pretendo demonstrar como funcionam as Comissões Locais de Informação (CLI) que foram criadas na França com a finalidade de possibilitar o contato entre representantes das instalações industriais nucleares e as populações concernidas, que assim podem acompanhar a operação dessas fábricas. Eu argumento que sua criação permite a gestão da desconfiança (nutrida pela população para com a central nuclear), e a gestão do risco tecnológico (proporcionado pela central à circunvizinhança), a partir de critérios eleitos por seus partícipes: "neutralidade", "independência" e "desinteresse" de ação. Tais critérios são por eles considerados fundamentais para que a comunicação entre empresa e cidadãos em geral possa acontecer com sucesso, num contexto marcado pela oposição (descrita muitas vezes como "guerra") entre os adeptos e promotores da indústria nuclear, de um lado, e os que se manifestam contrariamente a ela, de outro.

Palavras-chave : Conflitos sociais na França; Participação da população; Risco nuclear.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons