SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Imagem, magia e imaginação: desafios ao texto antropológicoCrítica de cultura no feminino índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

ORTEGA, Francisco. O sujeito cerebral e o movimento da neurodiversidade. Mana [online]. 2008, vol.14, n.2, pp.477-509. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-93132008000200008.

Este artigo analisa o movimento da neurodiversidade organizado basicamente por autistas chamados de alto funcionamento que consideram que o autismo não é uma doença a ser tratada, mas uma diferença humana, a qual deve ser respeitada como outras diferenças. O movimento da "neurodiversidade" deve ser inserido em um marco sociocultural e histórico mais amplo que incorpore o impacto crescente no imaginário cultural dos saberes e das práticas neurocientíficas com o paradigma do sujeito cerebral e a expansão da neurocultura. No contexto do sujeito cerebral, o cérebro responde por tudo o que outrora costumávamos atribuir à pessoa e vem se tornando um critério biossocial de agrupamento fundamental. O artigo mostra como uma ideologia solipsista, reducionista e cientificista - o sujeito cerebral - pode servir de base para a formação de identidade e de redes de sociabilidade e comunidade.

Palavras-chave : Neurodiversidade; Sujeito cerebral; Autismo; Classificações psiquiátricas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons