SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1Cronótopos de uma nação distópica: o nascimento da "dependência" no México porfiriano tardioOs novos Qom: a constituição de uma identidade relacional em devir índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

QUIROS, Julieta. Política e economia na ação coletiva: uma crítica etnográfica às premissas dicotômicas. Mana [online]. 2009, vol.15, n.1, pp.127-153. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-93132009000100005.

Este artigo procura, distanciando-se dos modelos formais que têm servido de eixo para os estudos sobre ação coletiva e movimentos sociais, restituir a dimensão vivida do engajamento político. Com base em análise etnográfica centrada num conjunto de bairros da Grande Buenos Aires, explora os modos - múltiplos e heterogêneos - como as pessoas se envolvem nos chamados movimentos piqueteros, e indica que essas experiências ganham inteligibilidade ao serem inscritas numa trama mais ampla de relações e possibilidades de vida. A partir de uma perspectiva figuracional, o texto discute alguns pressupostos da literatura sobre organizações piqueteras, em particular, e protestos sociais, em geral; questiona a dicotomia entre razão material e razão político-moral com que se tem abordado a questão das motivações da ação coletiva; desconfia de uma oposição rígida entre Estado e movimentos sociais, apontando para o papel criador - e não só cooptador - das políticas estatais; e, finalmente, propõe sociologizar o lugar do "prazer de fazer" na origem e na continuidade do engajamento político.

Palavras-chave : Ação Coletiva; Etnografia; Política; Economia; Prazer de fazer; Movimentos Piqueteros; Argentina.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons