SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3"A epopeia da decadência": um estudo sobre o Essai sur l'inégalité des races humaines (1853-1855), de Arthur de GobineauPráticas territoriais indígenas entre a flexibilidade e a fixação author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Mana

Print version ISSN 0104-9313

Abstract

HOFFMANN, Maria Barroso. A produção social do desenvolvimento e os povos indígenas: observações a partir do caso norueguês. Mana [online]. 2011, vol.17, n.3, pp. 519-547. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-93132011000300002.

Este artigo descreve a gênese da atuação dos atores implicados na constituição do universo da cooperação internacional norueguesa junto aos povos indígenas, buscando destacar o sentido da participação de antropólogos, missionários, ambientalistas e membros do povo Sami em sua elaboração. Analisa, entre outras questões, a pertinência dos marcos históricos tradicionalmente associados à formação do aparato do desenvolvimento; a relação entre este aparato e a formação de identidades nacionais e étnicas; os valores que sustentam o funcionamento da cooperação norueguesa, localizando as relações entre ideais associados a "fazer o bem", perspectivas tutelares e posições contra-hegemônicas em sua atuação; e as vinculações entre teoria antropológica e práticas voltadas à construção contemporânea de agenciamentos políticos.

Keywords : Cooperação internacional; Povos indígenas; Noruega; Sami; Teoria antropológica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese