SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número2As formas elementares da liderança carismática: o verbo e a imagética na circulação do carisma pentecostal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313

Resumo

BITTENCOURT, Silvia Cardoso; CAPONI, Sandra  e  MALUF, Sônia. Medicamentos antidepressivos: inserção na prática biomédica (1941 a 2006) a partir da divulgação em um livro-texto de farmacologia. Mana [online]. 2013, vol.19, n.2, pp.219-247. ISSN 0104-9313.  https://doi.org/10.1590/S0104-93132013000200001.

Este estudo investiga como os antidepressivos foram apresentados a estudantes e profissionais da área médica a partir da análise de um livro-texto de farmacologia com projeção mundial. Através de uma perspectiva histórica e etnográfica, foram analisadas onze edições da obra (1941-2006), com auxílio de recursos da Análise de Discurso. Esses medicamentos aparecem no livro-texto a partir da 3ª edição (1965). Nas edições do século XX, há referência ao uso ampliado de medicamentos psicoativos e o alerta para que não se faça uso inadequado dessas drogas, lembrando a importância da contextualização clínica do paciente a ser medicado. Nas edições do século XXI, há menos referências a essa contextualização e aos aspectos históricos do desenvolvimento dos medicamentos. Este estudo reafirma a importância da abordagem de aspectos históricos e socioculturais do desenvolvimento da farmacologia e de fármacos, como os antidepressivos, bem como da relação desses aspectos com a prática clínica e a divulgação científica dos medicamentos.

Palavras-chave : Uso de antidepressivos; Drogas psicoativas; Pesquisa interdisciplinar; História da farmacologia; Indústria farmacêutica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons