SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1ACERCA DOS PROCESSOS DE INDIGENIZAÇÃO DOS MUSEUS: UMA ANÁLISE COMPARATIVAUMA ANTROPOLOGIA ALÉM DE NATUREZA E CULTURA? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

L'HOSTE, Ana Spivak. FUNDOS PÚBLICOS, PROJETOS TECNOLÓGICOS E VIOLÊNCIA ESTATAL: TENSÃO DE MEMÓRIAS DA DITADURA EM UMA INSTITUIÇÃO TECNOCIENTÍFICA ARGENTINA. Mana [online]. 2015, vol.21, n.1, pp.157-179. ISSN 0104-9313.  https://doi.org/10.1590/0104-93132015v21n1p157.

As profundas e frequentes revisões históricas em torno da última ditadura argentina coincidem amplamente em apontar os efeitos políticos negativos e as funestas consequências econômicas e sociais do regime militar. Há poucas opiniões positivas a respeito desse período. É o caso, por exemplo, das vozes que reivindicam decisões, conjunturas e processos ligados à Comissão Nacional de Energia Atômica e à política nuclear daqueles anos. Outras vozes, por sua vez, evidenciam tensões interpretativas em torno do acontecido entre 1976 e 1983 nessa instituição tecnocientífica, explicitando o caráter aberto da história da Comissão. Tensões que provocam uma análise cujo foco são as memórias da ditadura; principalmente as memórias sobre decisões tecnológicas associadas ao desenvolvimento nuclear, ao uso dos orçamentos públicos por parte da instituição e aos efeitos da violência do Estado. Este trabalho visa apresentar tal análise, mostrando as contradições e as complexidades das diversas leituras possíveis sobre a política institucional durante o regime militar

Palavras-chave : Argentina; Ditadura; Memória; Desenvolvimento nuclear; CNEA.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )