SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número2O GOVERNO DAS REDES: UMA ETNOGRAFIA DA REDUÇÃO DE DANO NA COLÔMBIAENTRE GENEALOGIAS FAMILIARES E GENEALOGIAS POLÍTICAS: JOVENS EM UM PROCESSO DE COMUNALIZAÇÃO MAPUCHE NA ARGENTINA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

GUIMARAES, Roberta Sampaio. PATRIMÔNIOS E CONFLITOS DE UM AFOXÉ NA REURBANIZAÇÃO DA REGIÃO PORTUÁRIA CARIOCA. Mana [online]. 2016, vol.22, n.2, pp.311-340. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-49442016v22n2p311.

Neste artigo, reflito sobre os efeitos da reurbanização da região portuária carioca sobre o Afoxé Filhos de Gandhi, bloco carnavalesco referenciado nas práticas do candomblé. Busco compreender como o bloco organizou um pleito de reconhecimento patrimonial a partir da construção narrativa da Pequena África na tentativa de regularizar e reformar o sobrado de sua sede de ensaios, mas não encontrou apoio governamental ou privado porque o imóvel foi classificado como "em ruínas e invadido". Exploro a hipótese de que o não reconhecimento se deveu, por um lado, ao fato de que esses setores privilegiaram investir em narrativas sobre um passado mítico relacionado à oralidade e à religiosidade africanas, o que dissociava as ações patrimoniais e turísticas das demandas habitacionais do tempo presente. Mas se deveu também a disputas dos integrantes do bloco sobre suas concepções de patrimônio, que reverberavam diferentes experiências e memórias coletivas do "povo do santo".

Palavras-chave : Patrimônio cultural; Projeto urbano; Candomblé; Carnaval; Afoxé Filhos de Gandhi; Rio de Janeiro.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )