SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1“OS HORMÔNIOS TE SALVAM DE TUDO”: PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADES E TRANSFORMAÇÕES CORPORAIS COM O USO DE RECURSOS BIOMÉDICOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

ROMIZI, Francesco. O CANTO DO CREPÚSCULO: REFLEXÕES ORNITO-ANTROPOLÓGICAS SOBRE UM MITO DE ORIGEM KADIWÉU. Mana [online]. 2018, vol.24, n.1, pp.231-260. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-49442018v24n1p231.

Este trabalho surge do descobrimento, no mito de origem kadiwéu, de duas relações que envolvem humanos e pássaros. Uma é a existente entre os três pássaros-detetives convocados pelo demiurgo para encontrar os ladrões do seu peixe - os ancestrais do ser humano. A outra é aquela entre o pássaro carão, o único que conseguiu ver os ladrões - permitindo ao demiurgo encontrá-los e “humanizá-los” -, e estes últimos. Com respeito à primeira, partindo de uma leitura estruturalista, argumentamos como esses pássaros formam uma série natural de diferenças, por meio da qual os Kadiwéu pensam metaforicamente sobre uma controversa série cultural, assumida como homóloga. Passando à segunda, interpretamos a hipótese perspectivista, defendendo a tese de que o carão enxergou aquela proto-humanidade no momento em que vestiu a sua “roupa”, ingerindo um alimento cozido. Na última parte do texto tentamos juntar estas duas relações para nos aproximarmos da armação do pensamento mítico deste povo ameríndio.

Palavras-chave : Mito de origem; Xamanismo; Kadiwéu; Estruturalismo; Perspectivismo.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )