SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue3Comparison of preservation methods of Atta spp. (Hymenoptera: Formicidae) for RAPD analysisPredators impairing the natural biological control of parasitoids author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais da Sociedade Entomológica do Brasil

Print version ISSN 0301-8059

Abstract

HOHMANN, Celso L.  and  LUCK, Robert F.. Efeito da temperatura no desenvolvimento e exigências térmicas de Trichogramma kaykai Pinto e Stouthamer infectados e não infectados com Wolbachia (Hymenoptera: Trichogrammatidae). An. Soc. Entomol. Bras. [online]. 2000, vol.29, n.3, pp. 497-505. ISSN 0301-8059.  http://dx.doi.org/10.1590/S0301-80592000000300012.

Com o objetivo de entender a influência da temperatura em alguns parâmetros biológicos de Trichogramma kaykai Pinto e Stouthamer (Hymenoptera: Trichogrammatidae) infectado e não infectado com Wolbachia (tratado com antibiótico), determinaram-se a duração do desenvolvimento e as exigências térmicas da progênie dos mesmos sob quatro temperaturas constantes (15, 20, 25 e 30°C), UR 70 ± 5% e fotofase de 14 h, usando como hospedeiro ovos de Trichoplusia ni Hübner (Lepidoptera: Noctuidae). O conhecimento dos efeitos da temperatura é fundamental para ajudar a entender a dinâmica de organismos habitantes do deserto como T. kaykai que estão sujeitos a extremos de temperatura ao longo das estações. Parasitóides não infectados tiveram um desenvolvimento mais rápido a temperaturas mais elevadas (20, 25 e 30°C) do que aqueles infectados. Contudo, parasitóides infectados apresentaram desenvolvimento mais rápido do que parasitóides não infectados a temperatura mais baixa (15°C). A duração do desenvolvimento da progênie de parasitóides não infectados e infectados aumentou de 7,0 e 7,1 dias a 30°C, respectivamente para 37,3 e 36,7 dias a 15°C, respectivamente. Os machos desenvolveram-se mais rápido que as fêmeas em todas as temperaturas avaliadas. A temperatura base de desenvolvimento da progênie de parasitóides não infectados e infectados foi 12,0°C e as exigências térmicas 127,71 e 132,10 graus dias, respectivamente.

Keywords : Insecta; parasitóides; temperatura; paternogênesis induzida por bactéria.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English