SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue4Allocation of leprosy patients for multidrugtherapy: correlation between the classification according to number of skin lesions and the skin smears examinationRetrospective study of 288 liposuctions carried out at the dermatology service of the "Hospital do Servidor Publico Municipal de São Paulo" author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

Abstract

ORIA, Reinaldo B. et al. Estudo das alterações relacionadas com a idade na pele humana, utilizando métodos de histo-morfometria e autofluorescência. An. Bras. Dermatol. [online]. 2003, vol.78, n.4, pp. 425-434. ISSN 1806-4841.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962003000400004.

FUNDAMENTOS: O processo de envelhecimento tecidual é evidente nas modificações visíveis na pele, resultando em importantes implicações psicológicas para o indivíduo e crescente interesse científico. OBJETIVOS: O presente trabalho objetivou analisar as alterações da pele normal com o envelhecimento mediante estratégias de histomorfometria e autofluorescência. MÉTODOS: Foram coletadas amostras de pele do abdômen de 18 cadáveres, incluindo cinco indivíduos jovens (menos de 20 anos), sete indivíduos com idade intermediária (20-60 anos) e seis indivíduos idosos (mais de 60 anos). Foram feitos cortes histológicos em parafina seguidos de coloração pela Hematoxilina-Eosina (H&E) e pelo tricrômio de Van Gieson-elastina. Avaliaram-se a espessura da epiderme e derme, e a superfície de contato epidermo-dérmica. Investigaram-se ainda as modificações qualitativas do aparelho colágeno-elástico, considerando sua disposição espacial na derme. Espécimes corados em H&E também foram utilizados para autofluorescência. RESULTADOS: A espessura da epiderme e derme do grupo idoso foi significativamente diminuída (p<0,05) em relação aos demais grupos. Os grupos idoso e intermediário exibiram acentuada redução na superfície de contato epiderme-derme (p<0,05). Detectaram-se a perda da distribuição em rede das fibras elásticas com sua progressiva fragmentação, alterações da compactação do colágeno e espessamento da membrana basal com o envelhecimento. CONCLUSÃO: O envelhecimento leva à redução da espessura da derme e epiderme, bem como ao aplanamento da junção dermo-epidérmica. As mudanças da pele ao longo da vida nem sempre seguem um perfil linear, mostrando drásticas alterações nas últimas décadas de vida. O método de autofluorescência mostrou-se um instrumento valioso no estudo da complexa relação espacial das fibras elásticas e colágenas.

Keywords : derme; envelhecimento; envelhecimento da pele; epiderme; pele.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese