SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.79 issue4Systemic treatment of psoriasis - Part II: Biologic immunomodulator agentsBasal cell carcinoma of the eyelid: factors related to recurrence author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

Abstract

HINRICHSEN, Sylvia Lemos et al. Aspectos epidemiológicos da hanseníase na cidade de Recife, PE em 2002. An. Bras. Dermatol. [online]. 2004, vol.79, n.4, pp. 413-421. ISSN 1806-4841.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962004000400003.

FUNDAMENTOS: Ainda é de grande importância a hanseníase como problema de Saúde Pública no Brasil, devido a sua alta endemicidade. OBJETIVO: Determinar as principais características dessa enfermidade na cidade de Recife no ano de 2002. MÉTODOS: Realizou-se estudo observacional retrospectivo, mediante o preenchimento de um questionário específico, analisando-se 100 prontuários de pacientes assistidos em centro de referência do Recife em 2002. Elaborou-se um banco de dados, e a análise foi feita utilizando-se o software EPI-Info-6. Obtiveram-se as freqüências simples das variáveis, e realizou-se análise bivariada, estudando-se as diferenças entre as proporções por meio do qui-quadrado. O ponto de corte foi p<0,05. RESULTADOS: Observou-se aumento da freqüência dos casos de hanseníase com a idade (7% dos casos ocorreram em crianças e adolescentes, e 11% em maiores de 65 anos) (p<0,001). A distribuição por sexo mostrou diferença significativa (masculino 57%, feminino 43%) (p<0,001). A forma tuberculóide possui a maior prevalência, com 42% dos casos (p<0,001) e maior incidência no sexo feminino, enquanto no sexo masculino prevaleceu a dimorfa (x2=18,83; p<0,001). As formas paucibacilares (tuberculóide e indeterminada) apresentaram lesão única ou variação de duas a cinco lesões em 55,4% e 37,5% dos casos, respectivamente (x2=37,04; p<0,001). CONCLUSÕES: Foi possível constatar que a cidade ainda é uma região endêmica devido à grande incidência da forma tuberculóide no meio, indicador epidemiológico sugestivo de tendência crescente da endemia na região. Só o diagnóstico e o tratamento precoce dos casos poderão quebrar a cadeia de transmissão da doença.

Keywords : Hanseníase; Mycobacterium leprae; epidemiologia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese