SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 número1Melanoma cutâneo: estudo prospectivo de 65 casosÚlcera de perna: um estudo de casos em Juiz de Fora-MG (Brasil) e região índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais Brasileiros de Dermatologia

versão impressa ISSN 0365-0596versão On-line ISSN 1806-4841

Resumo

BELDA JUNIOR, Walter; FAGUNDES, Luiz Jorge  e  SIQUEIRA, Luis Fernando de Góes. Neisseria gonorrhoeae: resistência cromossômica à tetraciclina em São Paulo, Brasil. An. Bras. Dermatol. [online]. 2005, vol.80, n.1, pp.37-40. ISSN 1806-4841.  https://doi.org/10.1590/S0365-05962005000100005.

FUNDAMENTO: A utilização de antimicrobianos no tratamento da gonorréia iniciou-se em 1930 com as sulfonamidas. No decorrer dos anos outras drogas passaram a ser utilizadas, entre elas a tetraciclina. Embora eficaz no início, esta droga, ao longo do tempo, passou a não mais apresentar o resultado terapêutico esperado em virtude do aparecimento de quadros de resistência cromossômica e plasmidial em diversos países. Como a tetraciclina ainda continua sendo indicada, isoladamente ou associada a outras drogas antimicrobianas, para o tratamento da gonorréia no Brasil, tornou-se necessária a realização de um estudo de sensibilidade do gonococo à mesma, no intuito de se estimar a real dimensão da resistência do gonococo à tetraciclina. OBJETIVO: Avaliar a incidência de resistência cromossômica das cepas de Neisseria gonorrhoeae à tetraciclina. MÉTODO: Estudo da concentração inibitória mínima pelo método de diluição em ágar. RESULTADOS: A resistência cromossômica à tetraciclina detectada foi de 40,3% entre todas as cepas estudadas, segundo os critérios estabelecidos pelo Center for Diseases Control. CONCLUSÕES: Desaconselha-se definitivamente o uso isolado ou associado da tetraciclina e derivados, no tratamento da gonorréia no Brasil, no atual momento epidemiológico.

Palavras-chave : Neissseria gonorrhoeae; Resistência à tetraciclina; Testes de sensibilidade microbiana.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons