SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 issue1Alopecia areata: a revision and updatePyoderma gangrenosum and rheumatoid arthritis: case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

Abstract

SILVA, Márcia de Matos; BOUZAS, Luis Fernando S.  and  FILGUEIRA, Absalom L.. Manifestações tegumentares da doença enxerto contra hospedeiro em pacientes transplantados de medula óssea. An. Bras. Dermatol. [online]. 2005, vol.80, n.1, pp. 69-80. ISSN 1806-4841.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962005000100010.

A doença enxerto contra hospedeiro (DECH) é uma síndrome sistêmica que ocorre em pacientes que recebem linfócitos imunocompetentes. A fisiopatologia envolve uma reação imunológica entre linfócitos transplantados e tecidos do hospedeiro, e ocorre por ataque imune das células T do doador às células do hospedeiro, as quais diferem daquelas pelos antígenos de histocompatibilidade. É, assim, uma complicação primária do transplante de medula óssea (TMO) alogênico. O envolvimento cutâneo é freqüente na DECH e contribui para a morbidade e mortalidade do TMO. O dermatologista tem papel importante na avaliação dos pacientes auxiliando no reconhecimento precoce da DECH e suas complicações e no acompanhamento clínico desses pacientes. Nesta revisão os autores enfatizam as manifestações cutâneas da DECH, tendo como base sua experiência pessoal no acompanhamento de pacientes portadores de DECH transplantados de medula óssea no Centro Nacional de Transplante de Medula Óssea/Inca/MS, no Rio de Janeiro, nos últimos 14 anos.

Keywords : Doença enxerto contra hospedeiro; Transplante de medula óssea; Transplante alogênico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese