SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 número1Síndrome dos cabelos impenteáveis (pili canaliculi): variabilidade clínica em 12 membros de uma famíliaReações hansênicas do tipo 1 e eritema nodoso hansênico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais Brasileiros de Dermatologia

versão impressa ISSN 0365-0596versão On-line ISSN 1806-4841

Resumo

SEHRA, Sarita et al. Dermatite atópica: implicações clínicas de avanços recentes na patogênese. An. Bras. Dermatol. [online]. 2008, vol.83, n.1, pp.57-73. ISSN 1806-4841.  https://doi.org/10.1590/S0365-05962008000100009.

A dermatite atópica é uma doença cutânea inflamatória crônica cuja prevalência tem aumentado de forma constante, afetando 10-20% dos lactentes e 1-3% dos adultos em todo o mundo. Ela é freqüentemente a primeira manifestação clínica de doença atópica, precedendo a asma e a rinite alérgica. Provavelmente metade das crianças com dermatite atópica desenvolvem alguma outra forma de doença atópica em outras fases da vida. A patogenia envolve uma interação complexa entre fatores que incluem predisposição genética devido a uma função alterada da barreira cutânea ou imunológica, interações com o ambiente, tais como exposição a alimentos e alergenos, e desencadeadores infecciosos de inflamação. Nesta revisão, resumimos os avanços recentes na compreensão da contribuição de diferentes fatores à fisiopatologia da dermatite atópica e como os novos conhecimentos proporcionam novo potencial terapêutico.

Palavras-chave : Asma; Ceratinócitos; Dermatite atópica; Eczema; Eosinófilos; Genética; Imunoglobulina E; Linfócitos T; Rinite.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons