SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue2Dyshidrotic eczema: clinical, etiopathogenic and therapeutic aspectsNail fold capillaroscopy and systemic scleroderma severity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

Abstract

ZANARDI, Daniela et al. Avaliação dos métodos diagnósticos para onicomicose. An. Bras. Dermatol. [online]. 2008, vol.83, n.2, pp. 119-124. ISSN 1806-4841.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962008000200003.

FUNDAMENTOS: As onicomicoses são infecções fúngicas responsáveis por 15 a 40% das doenças ungueais. Apesar do pleno conhecimento de seus agentes etiológicos e do surgimento de inúmeros medicamentos antifúngicos, mantêm-se as dificuldades para se estabelecer diagnóstico correto. OBJETIVOS: Comparar o exame micológico direto, o histopatológico e a cultura dos pacientes com suspeita de onicomicose e verificar a sensibilidade e especificidade de cada método. MÉTODO: Foram selecionados 40 pacientes com suspeita clínica de onicomicose e avaliados os três métodos diagnósticos. Calculou-se para cada exame: sensibilidade, especificidade e valores preditivos, positivo e negativo. RESULTADOS: O exame micológico direto foi positivo em 29 pacientes (72,5%), o histopatológico em 14 (35%), a cultura em 22 (55%). As especificidades foram: exame micológico direto 78,6%, histopatológico 92,9% e cultura 100%. As especificidades não apresentaram diferença significativa (p > 0,05). Na análise dos valores preditivos positivo e negativo, a cultura e o exame micológico direto obtiveram maior eficácia, respectivamente. CONCLUSÕES: O exame micológico direto foi o mais confiável para seu resultado negativo. A cultura mostrou-se específica quando positiva. Quanto à biópsia, não se mostrou sensível e apresentou especificidade equivalente à dos outros exames.

Keywords : Diagnóstico; Microscopia; Onicomicose.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese