SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 número5Fatores associados à rosácea em amostras populacionais do Sul do Brasil: análise de estudos casos-controlesPerfil clinicopatológico dos pacientes com pioderma gangrenoso do Hospital das Clínicas de Porto Alegre (RS) - Brasil (2000-2006) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais Brasileiros de Dermatologia

versão impressa ISSN 0365-0596versão On-line ISSN 1806-4841

Resumo

DUARTE, Ida; VOLTARELLI, Paula; LAZZARINI, Rosana  e  BEDRIKOW, Roberta Buense. Fototerapia na doença enxerto contra hospedeiro. An. Bras. Dermatol. [online]. 2008, vol.83, n.5, pp.425-429. ISSN 1806-4841.  https://doi.org/10.1590/S0365-05962008000500005.

FUNDAMENTOS: A doença enxerto contra hospedeiro é um dos obstáculos ao sucesso do transplante de medula óssea, e o envolvimento cutâneo é freqüente. A fototerapia é utilizada devido à intensa atividade imunomoduladora local, sendo opção terapêutica adjuvante para as lesões cutâneas resistentes à terapia convencional. OBJETIVO: Realizar análise descritiva do tratamento da doença enxerto contra hospedeiro com fototerapia (Puva ou UVB de faixa estreita). MÉTODOS: Foram atendidos nove pacientes com manifestação cutânea da doença enxerto contra hospedeiro aguda ou crônica. Seis foram tratados com Puva, terapia de primeira escolha, e três com UVB de faixa estreita. As sessões foram realizadas três vezes por semana, e a resposta terapêutica avaliada após 12 sessões. RESULTADOS: Todos os pacientes com doença enxerto contra hospedeiro aguda mostraram melhora, com desaparecimento do eritema e do edema. Naqueles com doença crônica, observaram-se involução das lesões liquenóides e melhora da mobilidade daqueles com a forma esclerodermiforme. Dois pacientes apresentaram doença de evolução grave e foram a óbito. CONCLUSÃO: A fototerapia mostrou-se efetiva no tratamento das manifestações cutâneas da doença enxerto contra hospedeiro aguda e crônica. A Puva permite o controle da doença, podendo a UVB de faixa estreita ser opção para pacientes impossibilitados de usar medicação sistêmica.

Palavras-chave : Doença enxerto-hospedeiro; Fototerapia; Raios ultravioleta; Terapia Puva.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons