SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue5Phototherapy in the graft versus host diseaseAlopecia: an uncommon cutaneous manifestation of sarcoidosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

Abstract

BARBATO, Mariana Tremel; BAKOS, Lucio; MASIERO, Nathália Costaguta Matas Soles  and  BOLSON, Patrícia. Perfil clinicopatológico dos pacientes com pioderma gangrenoso do Hospital das Clínicas de Porto Alegre (RS) - Brasil (2000-2006). An. Bras. Dermatol. [online]. 2008, vol.83, n.5, pp. 431-436. ISSN 1806-4841.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962008000500006.

FUNDAMENTOS: O pioderma gangrenoso é doença neutrofílica pouco freqüente. Caracteriza-se por lesões cutâneas ulceradas, dolorosas, com bordas subminadas e violáceas. Os membros inferiores configuram o local mais acometido. Sua etiologia é incerta, mas em 50% dos casos encontra-se associação com outras doenças. A histopatologia é inespecífica, e o diagnóstico, essencialmente clínico. OBJETIVO: Avaliar o perfil clinicopatológico de pacientes com pioderma gangrenoso. MÉTODO: Estudo retrospectivo dos pacientes diagnosticados no período de 2000 a 2006 no Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. RESULTADOS: Foram observados 16 pacientes cuja idade média foi 49 anos, com predomínio do sexo feminino (62,5%). O período médio entre início da doença e diagnóstico foi de 1,6 ano. A forma clínica predominante foi a ulcerativa (81,25%), e 87,5% das lesões localizavam-se nos membros inferiores. O sintoma mais freqüentemente associado foi dor local (37,5%). Doze pacientes (66%) apresentaram doenças sistêmicas concomitantes. Doença de Crohn, diabetes e colagenoses foram as principais comorbidades encontradas. O tratamento mais utilizado foi a corticoterapia sistêmica, associada ou não a outros medicamentos (50%), tendo 43,75% dos pacientes apresentado recidiva do quadro. CONCLUSÕES: Os dados avaliados condizem com os encontrados na literatura. As doenças associadas mais prevalentes foram ileíte regional, diabetes melitus e afecções do tecido conectivo. O tratamento mais utilizado incluiu corticoterapia sistêmica. A maioria dos pacientes apresentou cicatrização completa , porém o número de recidivas foi elevado.

Keywords : Dermatopatias; Dermatopatias [diagnóstico]; Pioderma gangrenoso; Úlcera cutânea.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese