SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 issue6Evaluation of patients’ learning about the ABCD rule: a randomized study in southern BrazilMarkers expression of cell proliferation and apoptosis in basal cell carcinoma author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

MAIA, Marcus; MARCON, Carolina Reato; RODRIGUES, Sarita Bartholomei  and  AOKI, Tsutomu. Estrias de distensão na gravidez: fatores de risco em primíparas. An. Bras. Dermatol. [online]. 2009, vol.84, n.6, pp. 599-605. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962009000600005.

FUNDAMENTOS: Estrias ocorrem em mais de 70% das gestantes. Elas tendem a se desenvolver a partir da 25ª semana gestacional. Apesar de sua etiologia não ser bem compreendida, aceita-se que a combinação de fatores genéticos com alterações endócrinas e estiramento mecânico da pele tem papel significante. Em função dos diferentes resultados encontrados na literatura, os autores avaliaram os fatores de risco comumente citados com o objetivo de determinar se estão associados com a ocorrência de estrias na gestação. OBJETIVO: Avaliar em primíparas os supostos fatores de risco para o aparecimento de estrias. MÉTODOS: Estudo observacional transversal não controlado e descritivo em primíparas. O período avaliado foi de quatro meses (janeiro a maio de 2008), em uma maternidade pública. Foram incluídas 164 primíparas de feto único após 48 horas do parto. Um total de 14 variáveis foi registrado em cada paciente. RESULTADOS: Das 164 mulheres em estudo, 59,8% desenvolveram estrias durante a gestação. Foi estatisticamente significante a associação entre a faixa etária materna (p < 0,01), o peso materno adquirido durante a gestação (p < 0,01) e o peso de recém-nascido (p = 0,01) com o aparecimento de estrias na gestação. O teste de associação utilizado foi o qui-quadrado. CONCLUSÃO: As estrias foram mais frequentes em pacientes mais jovens, nas que adquiriram maior peso na gestação e/ou nas que deram à luz bebês mais pesados. Este estudo sugere que a idade materna mais avançada poderia ser um fator protetor contra a presença de estrias na gestação.

Keywords : Derme; Estrias angióides; Fatores de risco; Gravidez; Primíparas.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in Portuguese