SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 número6Utilidade do pente metálico com dentes microcanaliculados no diagnóstico da pediculoseMicroscopia confocal reflectante aplicada ao diagnóstico do melanoma cutâneo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Anais Brasileiros de Dermatologia

versão impressa ISSN 0365-0596

Resumo

MIOT, Luciane Donida Bartoli; MIOT, Hélio Amante; SILVA, Márcia Guimarães da  e  MARQUES, Mariângela Esther Alencar. Fisiopatologia do melasma. An. Bras. Dermatol. [online]. 2009, vol.84, n.6, pp. 623-635. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962009000600008.

Melasma é uma dermatose comum que cursa com alteração da cor da pele normal, resultante da hiperatividade melanocítica focal epidérmica de clones de melanócitos hiperfuncionantes, com consequente hiperpigmentação melânica induzida, principalmente, pela radiação ultravioleta. Clinicamente, caracteriza-se por manchas acastanhadas, localizadas preferencialmente na face, embora possa acometer também região cervical, torácica anterior e membros superiores.Mulheres em período fértil e de fototipos intermediários representam as populações mais acometidas. Grande parte de sua fisiopatogenia permanece desconhecida, havendo relação com fatores genéticos, hormonais, uso de medicamentos, cosméticos, endocrinopatias e fotoexposição. Os autores discutem os principais elementos relacionados à pigmentação da pele e ao desenvolvimento do melasma.

Palavras-chave : Melanose; Pigmentação da pele; Raios Ultravioleta; Transtornos da pigmentação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português