SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 issue6Sweet’s syndrome associated withpolycythemiaveraDelayed pressure urticaria with systemic manifestations: case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

RODARTE, Camila Martins et al. Reações cutâneas secundárias ao uso dos inibidores do receptor de fator de crescimento epidérmico: relato de dois casos. An. Bras. Dermatol. [online]. 2009, vol.84, n.6, pp. 667-670. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962009000600015.

O aumento da expressão de receptores do fator de crescimento epidérmico (EGFR) está envolvido no estímulo ao crescimento tumoral. Seus inibidores demonstraram eficácia no tratamento de neoplasias de cabeça e pescoço, cólon e pulmão.A inibição do EGFR pode determinar reações cutâneas em mais de 50% dos pacientes. Em geral, são reversíveis, mas, quando graves, limitam o uso da droga. Lesões papulopustulosas em face e tronco são as mais comuns, além de xerose, alterações ungueais e dos pelos. A intensidade da toxicidade cutânea tem relação direta com a resposta antitumoral. Uma abordagem dermatológica adequada é essencial para dar continuidade à terapia contra o câncer de forma satisfatória.

Keywords : Anticorpos monoclonais; Erupções acneiformes; Receptor do fator de crescimento epidérmico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in Portuguese