SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 issue5Adverse mucocutaneous reactions related to chemotherapeutic agents: part IIProgressive macular hypomelanosis: an epidemiological study and therapeutic response to phototherapy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

COSTA, Adilson et al. Associação de emblica, licorice e belides como alternativa à hidroquinona no tratamento clínico do melasma. An. Bras. Dermatol. [online]. 2010, vol.85, n.5, pp.613-620. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962010000500003.

FUNDAMENTOS: Melasma é uma melanodermia comum, cuja terapêutica representa um desafio clínico. OBJETIVOS: Avaliar a eficácia e segurança clínicas do complexo despigmentante emblica, licorice e belides, em comparação à hidroquinona 2%, na abordagem do melasma. MÉTODOS: Após 60 dias de uso exclusivo de fotoprotetor FPS35, 56 mulheres com idades entre 18 e 60 anos, fotótipos I a IV, com melasma epidérmico ou misto, foram divididas em dois grupos de um estudo clínico monocego: A) creme contendo complexo despigmentante emblica, licorice e belides 7%, usado duas vezes ao dia; B)creme de hidroquinona 2%, usado à noite. O estudo durou 60 dias consecutivos e avaliações médica, das voluntárias (auto-avaliação) e fotográfica (Visia®) foram realizadas quinzenalmente. RESULTADOS: 89% das voluntárias (50/56), 23 do Grupo A e 27 do Grupo B, concluíram o estudo. Duas voluntárias do Grupo A contra sete do Grupo B apresentaram eventos adversos leves transitórios. Houve despigmentação do melasma pelas avaliações médica (Grupo A: 78,3%; Grupo B: 88,9%) e auto-avaliação (Grupo A: 91,3%; Grupo B: 92,6%), todos estatisticamente significantes (p<0,001), sem diferenças entre os grupos (p>0,05). O mesmo padrão foi observado pelo Visia®, tanto no número (p = 0,001) quanto no tamanho e no tom (p<0,001), para ambos os grupos, e sem diferenças entre eles (p>0,05) nas manchas UV. CONCLUSÕES: Não houve diferença estatística na melhora do melasma nos dois grupos; o Grupo A apresentou menor incidência de eventos adversos. Logo, o complexo despigmentante emblica, licorice e belides é uma alternativa segura e eficaz na abordagem do melasma.

Keywords : Hidroquinona; Melanose; Phyllanthus emblica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License