SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue1Children and newborn skin care and preventionDermatomyofibroma: a case report of a rare disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

MOURA, Heloisa Helena Gonçalves de et al. Síndrome do ovário policístico: abordagem dermatológica. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.1, pp. 111-119. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000100015.

A síndrome do ovário policístico (SOP) é uma das endocrinopatias mais freqüentes nas mulheres em idade reprodutiva. Caracteriza-se por morbidade elevada devido aos aspectos estéticos e por repercussões metabólicas importantes. Embora a sua patogênese permaneça incompletamente conhecida, acredita-se numa desordem multigênica complexa, incluindo anormalidades no eixo hipotálamohipofisário, esteroidogênese e resistência insulínica. Os achados principais para o diagnóstico são: hiperandrogenismo, anovulação crônica e ovários policísticos à ultrassonografia. As manifestações dermatológicas do hiperandrogenismo incluem: hirsutismo, acne, seborréia, alopecia e, em casos mais graves, sinais de virilização. Existe considerável heterogeneidade nos achados clínicos e também pode haver variação na mesma paciente com o passar do tempo. O tratamento visa reduzir as manifestações do hiperandrogenismo, restaurar os ciclos ovulatórios regulares e corrigir a síndrome metabólica. Este artigo apresenta revisão da fisiopatologia, diagnóstico e tratamento da síndrome do ovário policístico. Enfatiza-se a importância do diagnóstico e tratamento precoces no intuito de prevenir as complicações metabólicas e a repercussão emocional que afeta a qualidade de vida das pacientes.

Keywords : Acantose nigricans; Acne vulgar; Alopecia; Hiperandrogenismo; Síndrome do ovário policístico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese