SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue4Sweet's syndrome: study of 73 cases, emphasizing histopathological findingsInvestigation of latent tuberculosis infection in patients with psoriasis who are candidate for receiving immunobiological drugs author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

SARDINHA, José Felipe Jardim et al. Fatores de risco genético para a suscetibilidade humana à infecções de relevância em dermatologia. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.4, pp. 708-715. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000400013.

INTRODUÇÃO: Durante a era pré-microbiológica, era comum a visão de que doenças, hoje sabidamente infecciosas, eram hereditárias. Com a descoberta dos microorganismos e seu papel na patogênese de diversas patologias, chegou-se a propor que a exposição ao patógeno era condição suficiente para explicar infecção. Hoje, está claro que infecção é o resultado de uma complexa interação entre patógeno e hospedeiro, dependendo portanto, em última análise, do make-up genético de ambos os organismos. A dermatologia oferece diversos exemplos de doenças infecciosas em diferentes graus de entendimento de suas bases moleculares. Nesta revisão, resumimos os principais avanços na direção da dissecção do componente genético controlando suscetibilidade do ser humano a doenças infecciosas de importância na dermatologia. Doenças amplamente estudadas, como a hanseníase e a leishmaniose, são discutidas sob o ponto de vista da genética tanto do hospedeiro quanto do patógeno. Outras, como micobacterioses raras, micoses e sífilis, são apresentadas como boas oportunidades para pesquisa na área de genética de infecção.

Keywords : Dermatologia; Infecção; Polimorfismo genético.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English