SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue5Cutaneous melanoma: a 30-year-long epidemiological study conducted in a city in southern Brazil, from 1980-2009Effect of low-level laser therapy on the initial stages of tissue repair: basic principles author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

BUDEL, Anelise Roskamp et al. Perfil dos pacientes acometidos pela hanseníase atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Evangélico de Curitiba. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.5, pp. 942-946. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000500012.

FUNDAMENTOS: A hanseníase é uma enfermidade infecto-contagiosa, com distribuição mundial. Apesar de curável, permanece como um problema de saúde pública, sendo o Brasil o segundo país mais endêmico do mundo. As lesões cutâneas e o acometimento neural, que levam às principais incapacidades físicas, pioram a autoestima dos doentes, levam a uma queda da qualidade de vida e interferem na vida dos mesmos. OBJETIVO: Traçar um perfil dos pacientes acometidos pela hanseníase, atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital Evangélico de Curitiba, e caracterizar os níveis de qualidade de vida da amostra na semana prévia à pesquisa, por meio do questionário Dermatology Life Quality Index. MÉTODO: Aplicação do Dermatology Life Quality Index em 22 pacientes diagnosticados com hanseníase no período de maio a outubro de 2009. RESULTADOS: Em meio aos 22 pacientes que participaram do estudo, encontraram-se 55% do sexo masculino e 45% do sexo feminino, com idade média de 50,2 anos. Os escores obtidos na aplicação do Dermatology Life Quality Index variaram de 1 a 25 pontos, sendo a média 10,23. A maioria dos pacientes (50%) apresentou escore na dimensão do grave ou muito grave; 31,8% dos pacientes, do leve ao moderado, e 18,2% dos pacientes informaram que não houve comprometimento da qualidade de vida. CONCLUSÃO: O perfil de pacientes acometidos pela hanseníase encontrado neste estudo foram homens, com idade média de 50 anos e com forma multibacilar. A aplicação do Dermatology Life Quality Index permitiu verificar que o escore de comprometimento de qualidade de vida grave ou muito grave foi predominante na amostra, tendo mais impacto nas mulheres e não apresentando diferença em relação à hanseníase pauci ou multibacilar.

Keywords : Dermatologia; Hanseníase; Qualidade de vida.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese