SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue6New aspects in the clinical course of pityriasis versicolorFree flaps in Surgical Dermatology: comparison between fasciocutaneous and myocutaneous free flaps in facial reconstructions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

BENICIO, Ednelza de Almeida et al. Procedimentos diagnósticos combinados no manejo da leishmaniose em áreas com alta prevalência de Leishmania guyanensis. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.6, pp.1141-1144. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000600012.

FUNDAMENTOS: O Amazonas corresponde a aproximadamente 40% dos casos de leishmaniose do país. Nós reportamos um estudo prospectivo com 180 pacientes de uma unidade de saúde que diagnostica 10% dos casos de leishmaniose da amazônia brasileira, com combinação de métodos diagnóstico em área de alta prevalência de Leishmania guyanensis. OBJETIVOS: avaliar métodos diagnóstico da Leishmaniose em área endêmica para Leishmania Amazonensis. MÉTODOS: Todos os pacientes tiveram exame direto positivo com presença de amastigotas. Foi feita também biópsia cutânea, com realização de exame histológico, reação em cadeia da polimerase e cultura. RESULTADO: A reação em cadeia da polimerase detectou aproximadamente 90% de infecção quando foram usados duas técnicas de amplificação (mini-exon and HSP-70). A reação em cadeia da polimerase com HSP-70 foi mais sensível que a cultura associada à histopatologia. CONCLUSÃO: A melhor combinação foi a reação em cadeia da polimerase com histopatologia, com sensibilidade de 94%. A discrimanação das espécies causadoras de infecção humana nessa região mostrou Leishmania guyanensis em 94% dos casos e Leishmania brasiliensis em 6%

Keywords : Diagnóstico; Leishmania guyanensis; Leishmaniose.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License