SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue6Cutaneous and pulmonary paracoccidioidomycosis in a patient with a malignant visceral tumorCase for diagnosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

COSTA, Mariana Carvalho et al. Caso para diagnóstico. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.6, pp. 1222-1223. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000600030.

A acroceratoelastoidose é um tipo de ceratodermia palmoplantar, originalmente descrita pelo dermatologista mineiro Oswaldo Gonçalves Costa. É uma rara genodermatose autossômica dominante, embora possa ocorrer de forma esporádica. A doença não é congênita, com as primeiras manifestações na infância e adolescência. O quadro clínico é caracterizado por múltiplas pápulas amareladas, por vezes translúcidas e ceratóticas, medindo aproximadamente 2-4 mm de diâmetro, ocasionalmente umbilicadas, localizadas na margem lateral das mãos e pés, simetricamente, o que é sua expressão clínica mais típica. Os achados histopatológicos mais comuns são: hiperceratose, acantose discreta e elastorrexe, que é observada pela coloração com orceína.

Keywords : Ceratodermia palmar e plantar; Dermatoses da mão; Dermatoses do pé; Tecido elástico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese