SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue6Clinical and epidemiological profile of cutaneous malignant melanomas in two referral institutions in the city of Manaus, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

ANDRADE, Patrícia Cristina et al. Tratamento da hiperidrose palmar com onabotulinumtoxinA veiculada por iontoforese ou fonoforese: relato de casos. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.6, pp. 1243-1246. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000600037.

Hiperidrose palmar idiopática é doença frequente, que tem grande impacto na qualidade de vida dos pacientes, e seu tratamento definitivo (simpatectomia) associa-se a risco cirúrgico e efeitos adversos. Fármacos, como onabotulinumtoxinA, podem ser veiculados percutaneamente por iontoforese ou fonoforese e contribuir no tratamento da hiperidrose. Os autores apresentam quatro casos em que houve melhora objetiva e subjetiva da sudorese após dez sessões consecutivas de iontoforese ou fonoforese, sem evidências de efeitos adversos. Os resultados clínicos mantiveram-se por 16 semanas de observação após a interrupção do tratamento. Técnicas de veiculação percutânea de medicamentos devem ser percebidas como opções nos tratamentos dermatológicos.

Keywords : Fonoforese; Hiperidrose; Iontoforese; Toxinas botulínicas tipo A.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese