SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue4  suppl.1Erosive adenomatosis of the nippleAn unusual presentation of macular amyloidosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

TRAVASSOS, Ana Rita et al. A importância das provas epicutâneas de contacto no diagnóstico diferencial de reações a medicamentos. An. Bras. Dermatol. [online]. 2011, vol.86, n.4, suppl.1, pp. 21-23. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000700004.

O eritema exsudativo multiforme é uma erupção aguda, autolimitada, frequentemente associada a infecções (geralmente virais), doenças sistêmicas e fármacos. Apresenta-se o caso de uma mulher de 39 anos, com o diagnóstico de lúpus eritematoso sistêmico, que recorreu à Urgência com quadro de eritema exsudativo multiforme, com início 10 dias após tomar amoxicilina e ácido clavulânico por amigdalite e, quase simultaneamente, receber a vacina antipneumocócica. Colocou-se também a hipótese de síndrome de Rowell. Efetuaram-se testes epicutâneos de contacto com bateria básica (portuguesa) e princípios ativos dos fármacos suspeitos (Chemotechnique®). Encontrou-se hipersensibilidade à amoxicilina 10% vas (++), à ampicilina 10% vas (++) e à penicilina G potássica 10% vas (+), atribuindo-se à amoxicilina a causa mais provável do eritema exsudativo multiforme

Keywords : Amoxicilina; Eritema multiforme; Lúpus eritematoso sistêmico; Testes do emplastro.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English (pdf) | Portuguese (pdf) Portuguese (epdf)