SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue3Spitz nevus and Reed nevusComparative analysis of the geographic distribution of the histopathological spectrum and Leishmania species of American cutaneous leishmaniasis in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

Abstract

MANZONI, Ana Paula Dornelles da Silva et al. Avaliação da qualidade de vida em pacientes pediátricos com as principais dermatoses crônicas da infância. An. Bras. Dermatol. [online]. 2012, vol.87, n.3, pp. 361-368. ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962012000300002.

FUNDAMENTOS: A pele é a principal interface do ser humano com o meio externo e a presença de doenças cutâneas pode levar a repercussões importantes na qualidade de vida. OBJETIVOS: O presente estudo tem como objetivo fazer uma avaliação comparativa entre a qualidade de vida dos pacientes pediátricos com dermatite atópica, vitiligo e psoríase e correlacioná-la à superfície corporal total e às áreas expostas à visualização acometidas pela doença. MÉTODOS: Amostra composta por 118 pacientes com dermatite atópica, vitiligo e psoríase na faixa etária entre 5 a 16 anos para a aplicação do questionário Índice de Qualidade de Vida para Dermatologia em Crianças (CDLQI). Realizado exame dermatológico para a aferição da superfície corporal total acometida pela doença. RESULTADOS: Os três grupos de pacientes pediátricos demonstraram ter redução na qualidade de vida. Os pacientes com dermatite atópica e psoríase apresentaram um impacto na QoL significativamente maior que o grupo com vitiligo. Há uma tendência na redução da qualidade de vida dos pacientes dos três grupos de dermatoses relacionado ao aumento tanto da superfície total quanto da superfície exposta à visualização (r=0,428 e p<0,001; r=0,381 e p<0,001, respectivamente). CONCLUSÃO: As crianças avaliadas com dermatite atópica, psoríase e vitiligo apresentaram redução na qualidade de vida. Porém, há um impacto significativamente maior nos grupos de pacientes com dermatite atópica e psoríase em relação ao grupo com vitiligo. Este fato pode dever-se a ausência de sintomas no vitiligo e ao grupo ter apresentado uma superfície corporal comprometida estatisticamente menor que outros dois grupos.

Keywords : criança; dermatite atópica; psoríase; qualidade de vida; vitiligo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English