SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 número4Infecção dentária simulando uma lesão de peleLúpus eritematoso congênito e neonatal: relato de dois casos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais Brasileiros de Dermatologia

versão impressa ISSN 0365-0596

Resumo

BRINCA, Ana et al. Úlcera de Lipschütz (ulcus vulvae acutum): uma causa rara de lesão genital. An. Bras. Dermatol. [online]. 2012, vol.87, n.4, pp.622-624. ISSN 0365-0596.  https://doi.org/10.1590/S0365-05962012000400018.

A Úlcera de Lipschütz, ou ulcus vulvae acutum, é uma entidade rara mas provavelmente subdiagnosticada, que se apresenta como úlcera vulvar aguda dolorosa numa mulher jovem. A etiologia é desconhecida embora relatos recentes a tenham associado à primo-infecção pelo vírus Epstein-Barr. O diagnóstico é estabelecido após exclusão de doenças sexualmente transmissíveis, causas autoimunes, traumáticas e outras etiologias de úlceras genitais. Relatamos o caso de uma jovem que desenvolveu quadro gripal e dolorosas úlceras genitais. Os exames complementares excluiram doenças sexualmente transmissíveis e as outras causas habituais de ulceração genital. As lesões cicatrizaram sem sequelas e sem recorrências. Este caso representa um diagnóstico diferencial importante e raro de ulceração genital.

Palavras-chave : Doenças dos genitais femininos; Mononucleose infecciosa; Úlcera.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons