SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue330Intercalation ceramic materials applied in lithium ions batteriesSynthesis of stabilized zirconia without dopants author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cerâmica

Print version ISSN 0366-6913

Abstract

MENEZES, R. R. et al. Obtenção de mulita porosa a partir da sílica da casca de arroz e do acetato de alumínio. Cerâmica [online]. 2008, vol.54, n.330, pp. 245-252. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132008000200015.

O grande volume de produção de arroz no mundo gera uma enorme quantidade de rejeito na forma de cascas e de cinzas oriundas da queima da casca. Esses resíduos são fontes de poluição e contaminação, podendo agredir diretamente a saúde da população. Assim, esse trabalho tem por objetivo a obtenção de mulita porosa a partir da sílica da casca de arroz e do acetato de alumínio. O resíduo foi física e quimicamente caracterizado e em seguida misturado com acetato de alumínio para a produção do precursor da mulita. O material precursor foi caracterizado termicamente e com base nos resultados foi calcinado a 850 ºC e 1200 ºC. Os corpos de prova foram queimados a 1500 ºC e 1600 ºC e caracterizados pela determinação de sua porosidade aparente, absorção de água e densidade aparente e por difração de raios X e microscopia eletrônica de varredura. Os resultados indicaram que a sílica é constituída por material amorfo e aglomerados micrométricos de partículas submicrométricas e nanométricas. Com base nos resultados conclui-se que a sílica obtida da casca de arroz e o acetato de alumínio podem ser utilizados com sucesso para a produção de corpos mulíticos porosos com porosidades superiores a 48%.

Keywords : resíduo; reciclagem; casca de arroz; mulita; acetato de alumínio.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese