SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 número331Estudo do comportamento reológico de barbotinas preparadas com argilas da Formação Corumbataí utilizadas no pólo cerâmico de Santa Gertrudes (SP)Estabilidade térmica da zeólita A sintetizada a partir de um rejeito de caulim da Amazônia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cerâmica

versão impressa ISSN 0366-6913versão On-line ISSN 1678-4553

Resumo

FREITAS, V. F.  e  SANTOS, I. A.. Mecanosíntese do composto BiFeO3. Cerâmica [online]. 2008, vol.54, n.331, pp.338-344. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132008000300011.

Os compostos cerâmicos BiFeO3 puro e modificado (Bi0,95R0,05FeO3), com terras raras R = Gd ou Eu, foram sintetizados por moagem em altas energias. As amostras foram analisadas por difração de raios X, microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia por energia dispersiva de raios X. A difração de raios X indicou que as amostras modificadas com Eu são monofásicas, enquanto que as amostras puras e modificadas com Gd apresentaram majoritariamente a fase BiFeO3, com uma pequena quantidade de outras fases. A espectroscopia por energia dispersiva de raios X revelou a presença dos átomos modificantes na amostra e o mapeamento destes átomos indicou uma distribuição homogênea deles em toda a amostra. A microscopia eletrônica de varredura mostrou uma significante diminuição no tamanho das partículas, estando estas com dimensões sub-micrométricas e com diâmetro médio em torno de 500 nm. Estudos de densificação dos corpos cerâmicos indicaram compostos altamente densos, com densidades relativas acima de 0,9 sendo que o composto modificado com Eu alcançou a densidade relativa ρ/ρ0 = 0,98.

Palavras-chave : moagem em altas energias; cerâmicas multiferróicas magnetoelétricas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons