SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue331Thermal stability of the zeolite A synthesized after kaolin waste from Amazon regionUse of thermodynamic chemical potential diagrams (µCaO, µCO2) to understand the weathering of cement by a slightly carbonated water author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cerâmica

Print version ISSN 0366-6913

Abstract

SOUZA, V. P. et al. Análise dos gases poluentes liberados durante a queima de cerâmica vermelha incorporada com lodo de estação de tratamento de água. Cerâmica [online]. 2008, vol.54, n.331, pp. 351-355. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132008000300013.

Diante dos problemas ambientais apresentados nas últimas décadas, a preocupação com a emissão gasosa intensificou-se consideravelmente. A indústria de cerâmica vermelha busca alternativas de preservação das matérias-primas naturais utilizadas, as argilas comuns, além de beneficiar o custo de produção. Uma alternativa viável é a incorporação de resíduos industriais à massa argilosa. Isto também contribui para diminuir o impacto ambiental negativo causado pelo lançamento desses resíduos no ambiente. No entanto, pouca atenção tem sido dada à emissão dos gases poluentes liberados durante a etapa de queima desses novos produtos cerâmicos. Neste trabalho, foram preparadas três massas argilosas contendo 0, 15 e 100% de lodo de estação de tratamento de água (ETA). As composições química e mineralógica do lodo foram determinadas. Corpos cerâmicos preparados por prensagem foram queimados entre 150 e 1100ºC. A emissão dos gases liberados durante a queima foi analisada pela técnica fototérmica. Constatou-se em relação à massa argilosa pura que a incorporação de lodo de ETA provocou um aumento significativo na emissão de CH4 e CO2.

Keywords : gases; cerâmica vermelha; lodo de ETA; técnica fototérmica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese