SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 número331Análise dos gases poluentes liberados durante a queima de cerâmica vermelha incorporada com lodo de estação de tratamento de águaNanocompósitos de Al2O3-SiC sinterizados por "spark plasma sintering" (SPS) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cerâmica

versão impressa ISSN 0366-6913versão On-line ISSN 1678-4553

Resumo

BLANDINE, A.; BERNARD, G.  e  ESSAID, B.. Uso de diagramas de potencial químico termodinâmico (µCaO, µCO2) para o entendimento da resistência do cimento à água levemente carbonatada. Cerâmica [online]. 2008, vol.54, n.331, pp.356-360. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132008000300014.

Cimento é um material de ampla utilização que pode ser sujeito a modificação pelo tempo. A modificação química do cimento em meio natural é principalmente caracterizada por lixiviação de CaO e adição de CO2. As diferentes zonas de resistência que se desenvolvem às custas do cimento podem ser previstas com os diagramas de fase do potencial químico; estes diagramas simulam o comportamento de sistemas abertos a alguns elementos químicos. Alguns componentes têm o chamado status inerte, significando que o sistema é fechado para estes componentes, seu teor no sistema permanece constante; alguns outros componentes tem um status móvel, significando que estes componentes podem ser trocados com o meio exterior, seu teor podendo variar de uma região da amostra para outra. Os componentes móveis são representados no modelo pelos potenciais químicos (ligados às suas concentrações) que variam no meio exterior. Os principais aspectos da resistência ao tempo de um sistema cementício aberto a CaO e CO2 são previstos em um diagrama de fases com µCaO e µCO2 como eixos do diagrama. Do centro para a extremidade observa-se o desaparecimento de portlandita, ettringita e monosulfoaluminato de cálcio, a precipitação de calcita e sílica amorfa, a modificação da composição de minerais CSH (silicatos de cálcio hidratados) que tem o decréscimo da razão c/s (CaO/SiO2) do centro para a extremidade da amostra. Para os minerais CSH, forma separadas as soluções sólidas contínuas em três composições definidas por diferentes razões CaO/SiO2, denominadas fases 1, 2 e 3: CaO = 0,8, 1,1, 1,8, respectivamente para 1 mol SiO2 sabendo que H2O varia nas três composições.

Palavras-chave : potencial químico termodinâmico; cimento.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons