SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue335Performance of advanced concretes for building site designed by computing mix proportion technique author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cerâmica

Print version ISSN 0366-6913

Abstract

HIDAKA, M. et al. Estruturas locais e estados de banda eletrônica de partículas policristalinas de α-Fe2O3 inclusas em esmaltes vermelhos e transparentes de porcelanas do estilo Kakiemon por meio de espectros de absorção de raios X (II). Cerâmica [online]. 2009, vol.55, n.335, pp. 223-232. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132009000300001.

A porcelana do estilo Kakiemon e caracterizada principalmente pelo corpo de porcelana de cor branca ou branco-leitosa e os motivos elegantes e brilhantes dos esmaltes coloridos no seu corpo branco. As porcelanos foram primeiramente desenvolvidas e completadas em forno pela família Kakiemon em 1650-1680. Os esmaltes vermelhos e transparentes das peças de porcelana que foram produzidas no começo do século XVII até o meio do século XVIII foram analisadas em espectros de absorção de raios X com radiação síncrotron. A estrutura do α-Fe2O3 como elemento emissor de cor vermelha é levemente deformada nos esmaltes vermelhos por outros óxidos presentes (SiO2, Al2O3, K2O, Na2O, MgO, PbO), e/ou novos sistemas complexos de (SiO2-Al2O3,) que fazem parte da matéria-prima. Os íons Fe nos esmaltes transparentes pertencem ao estado vítreo nos outros óxidos. Entretanto, a valência eletrônica, Fe3+, dos íons Fe é a mesma que a do α-Fe2O3 nos esmaltes vemelhos. Os óxidos de chumbo (PbO, Pb3O4) usados no período Edo para aumentar o brilho e a resistência dos esmaltes vermelhos estavam completamente decompostas, e os íons Pb estavam no estado vítreo das porcelanas.

Keywords : porcelanas do estilo Kakiemon; esmaltes vermelhos; esmaltes transparentes.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English