SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 número336Análise microestrutural de misturas cerâmicas de grês porcelanato com adição de chamote de telhas cerâmicasVariação microestrutural de cerâmica vermelha incorporada com resíduo de rocha ornamental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cerâmica

versão impressa ISSN 0366-6913

Resumo

PEREIRA, P. H. F.; PEIXOTO, A. L. C.  e  SILVA, M. L. C. P.. Estudo da adsorção do surfatante catiônico brometo de cetiltrimetil amônio em diferentes matrizes inorgânicas preparadas via nióbio metálico. Cerâmica [online]. 2009, vol.55, n.336, pp.365-370. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132009000400005.

É mostrada a preparação de diferentes materiais inorgânicos a partir de nióbio metálico e seu comportamento no processo de adsorção de brometo de cetiltrimetil amônio (CTABr). Os materiais inorgânicos estudados são o óxido de nióbio e o fosfato de nióbio hidratado. Os óxidos de nióbio foram obtidos pelo método da precipitação em solução homogênea com a decomposição térmica de (NH4)2CO3 realizada a 45 ºC e a 90 ºC. O fosfato de nióbio hidratado foi obtido pela dissolução do nióbio metálico a uma mistura de ácido fluorídrico e nítrico e adição de ácido fosfórico. Pelo método de adsorção gasosa (BET) e por microscopia eletrônica de varredura verificou-se que os materiais não apresentam mudança significativa nas características físicas. As isotermas de Langmuir e de Freundlich revelaram que o melhor resultado de adsorção do surfactante CTABr foi alcançado para o óxido de nióbio hidratado preparado a 90 ºC, com capacidade de adsorção máxima, segundo modelo de Langmuir, com 14,13 mg.g-1.

Palavras-chave : óxido de nióbio hidratado; isotermas de Langmuir e de Freundlich; surfactante CTABr.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons