SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 número3A geoquímica analítica em Minas Gerais: de Gorceix ao Geolab: a contribuição do ITIMicroestruturas de pelotas feitas com mistura de redutor e finos de minério índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Rem: Revista Escola de Minas

versão impressa ISSN 0370-4467

Resumo

STANGLER, Roger Luis; COSTA, João Felipe C. L.  e  KOPPE, Jair Carlos. Quantificação de riscos na avaliação estéril/minério. Rem: Rev. Esc. Minas [online]. 2002, vol.55, n.3, pp. 193-201. ISSN 0370-4467.  http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672002000300006.

A razão estéril/minério é um importante fator na exeqüibilidade de minas a céu aberto. Precisos modelos digitais de elevação topográfica e outras superfícies de interpolação bem delineadas são imprescindíveis nesse tipo de análise. Esse artigo apresenta uma combinação de krigagem ordinária, para construir um modelo tridimensional de cobertura estéril, e de simulações estocásticas condicionais, para visualização de múltiplos cenários de tonelagem do depósito. O primeiro método permite obter os mais acurados modelos. O segundo avalia a incerteza na estimativa de recursos minerais. A integração do modelo único do volume de cobertura estéril com os múltiplos modelos para a tonelagem de minério do depósito torna possível avaliar o âmbito de oscilação de razões estéril-minério equiprovavelmente esperadas. A metodologia é ilustrada por um estudo de caso em um depósito de argila cerâmica no sul do Brasil.

Palavras-chave : razão estéril-minério; risco; métodos geoestatísticos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português