SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue3Underground mining of coal versus community around it: an example of Santa Catarina State - BrazilGeotechnical behavior of weak rocks in Córrego do Sítio mine, Santa Bárbara (MG) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Rem: Revista Escola de Minas

Print version ISSN 0370-4467On-line version ISSN 1807-0353

Abstract

SANTOS, Alexandre Gonçalves  and  RIBEIRO, Luís Fernando Martins. Condutividade hidráulica saturada de um rejeito de minério de ferro. Rem: Rev. Esc. Minas [online]. 2007, vol.60, n.3, pp.465-470. ISSN 0370-4467.  http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672007000300005.

Atualmente o crescente aumento do volume de rejeitos gerados pelo aproveitamento de minerais com teor de ferro cada vez mais baixos tem motivado as mineradoras a adotar, como solução principal para disposição desses rejeitos, a técnica do aterro hidráulico aliada ao método de alteamento a montante. Essa metodologia pressupõe o aparecimento de incertezas relacionadas ao processo de deposição na praia e ao próprio rejeito, que é lançado de forma aleatória e sem controle das variáveis de descarga que influenciam nesse processo. Assim, podem formar-se regiões na barragem com alta concentração de ferro, o que tende a influenciar as propriedades geotécnicas desse material. Com base no relatado anteriormente, o objetivo desse trabalho constituiu em estudar o comportamento do rejeito, em função da porcentagem de ferro e sílica nele presente. Também foi verificada influência do rejeito na condutividade hidráulica saturada, através de ensaios de laboratório e ensaios de campo.

Keywords : Barragens de rejeitos; teor de ferro; condutividade hidráulica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License