SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue1Electrochemical behavior of two austenitic stainless steel biomaterialsThe torsion strength of orthopedic implant screws - a suvey of brazilian samples author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Rem: Revista Escola de Minas

Print version ISSN 0370-4467

Abstract

JAIMES, Ruth Flavia Vera Villamil et al. Estudo eletroquímico comparativo do aço ISO 5832-9 em diferentes meios de interesse biológico. Rem: Rev. Esc. Minas [online]. 2010, vol.63, n.1, pp. 167-172. ISSN 0370-4467.  http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672010000100028.

Foi estudado o comportamento eletroquímico a 37°C do aço inoxidável ISO 5832-9, em meios de NaCl 0,9 %, de Ringer Lactato e meio mínimo de Eagle (MEM), por voltametria linear e análises da superfície por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e por espectroscopia por dispersão de energia (EDS). Foram feitos ensaios mecânicos e testes de toxicidade. O aço ISO 5832-9 se encontra passivado no potencial de corrosão e não apresenta corrosão por pite nos três meios estudados em toda faixa de potencial investigada, desde o potencial de corrosão até 50 mV acima do potencial de transpassivação. Em meio de MEM, no entanto, as análises por MEV e EDS mostraram que o referido aço, nesse valor mais elevado de potencial, apresentou um comportamento diferente, com perda das inclusões de óxido de manganês. Os potenciais de corrosão, Ecorr (potencial de circuito aberto estacionário) bem como os valores de densidade de corrente de passivação, variaram na seguinte ordem: Ecorr, RL < Ecorr, NaCl < Ecorr, MEM. e jMEM << jRL ≅ jNaCl. No ensaio de citotoxicidade, o aço foi caracterizado como não-tóxico.

Keywords : Aço inoxidável ISO 5832-9; implantes ortopédicos; corrosão; meio biológico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese