SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue5Imaging diagnosis of early rheumatoid arthritisBilateral osteochondrosis of lateral femoral condyles: case report and literature review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Reumatologia

Print version ISSN 0482-5004

Abstract

MENDES, Reila Tainá et al. Inibição seletiva da ciclo-oxigenase-2: riscos e benefícios. Rev. Bras. Reumatol. [online]. 2012, vol.52, n.5, pp. 774-782. ISSN 0482-5004.  http://dx.doi.org/10.1590/S0482-50042012000500011.

Os anti-inflamatórios inibidores das ciclo-oxigenases (COX) representam a classe de fármacos mais comumente utilizada. A COX corresponde a uma classe de enzimas conservadas evolutivamente e tem duas isoformas principais: a COX-1 e a COX-2. Seus subprodutos têm papel fundamental na inflamação e na percepção da dor. Há uma grande discussão entre a inibição seletiva ou não da COX pelo fato de a mesma, além de participar dos eventos inflamatórios, ter papel fundamental na manutenção da homeostase do organismo. A inibição seletiva da COX-2 surgiu com o intuito de reduzir os efeitos deletérios gastrintestinais de uma inibição não seletiva; em contrapartida, a inibição exclusiva da COX-2 associou-se a sérios eventos cardiovasculares, por causar um desequilíbrio entre a produção de prostaciclina e tromboxano. O objetivo deste trabalho é revisar a literatura a esse respeito, apontando os prós e os contras da inibição seletiva ou não das enzimas ciclo-oxigenases.

Keywords : inibidores de ciclo-oxigenase 2; doenças cardiovasculares; farmacologia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese