SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue70Towards a more symmetrical approach to the zone of proximal development in teacher educationSUSTAINABLE TEACHER EDUCATION IN THE PROFESSIONAL MASTERS PROGRAM author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Educação

Print version ISSN 1413-2478On-line version ISSN 1809-449X

Abstract

SILVA, MÔNIA APARECIDA DA et al. Construção e estudo de evidências de validade da Escala de Avaliação Docente. Rev. Bras. Educ. [online]. 2017, vol.22, n.70, pp.690-707. ISSN 1413-2478.  http://dx.doi.org/10.1590/s1413-24782017227035.

Este estudo objetivou apresentar a construção da Escala de Avaliação Docente (EADoc) e suas evidências de validade. A escala foi desenvolvida com base em uma revisão de literatura e de entrevistas com estudantes de graduação. A EADoc foi avaliada por dez juízes quanto a evidências de validade de conteúdo, com subsequente análise de evidências de validade de construto e fidedignidade. A matriz de correlação tetracórica foi submetida a análises fatoriais exploratórias, e o método Hull foi usado para a decisão do número de dimensões a serem retidas. Foram conduzidas análises de teoria de resposta ao item (TRI), pelo modelo rating scale, que excluiu sete itens. O índice Kaiser-Meyer-Olkin (KMO) e o teste de esfericidade de Bartlett indicaram a fatorabilidade da matriz de correlações policóricas dos itens. O método Hull apontou a retenção de um fator, com autovalor de 15,49. As medidas de fidedignidade para o fator foram de α=0,96 e ω =0,95. ­Considera-se que a EADoc pode auxiliar na avaliação de práticas da educação superior no Brasil.

Keywords : Escala de Avaliação Docente; autoavaliação; ensino superior; teoria de resposta ao item.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )