SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número2O impacto do ambiente familiar nos primeiros anos de vida: um estudo com adolescentes de uma invasão de Salvador, BahiaA construção de uma metodologia observacional para o estudo de crianças em situação de rua: criando um manual de codificação de atividades cotidianas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos de Psicologia (Natal)

versão On-line ISSN 1678-4669

Resumo

RIBAS, Adriana F. Paes  e  MOURA, Maria Lucia Seidl de. Manifestações iniciais de trocas interativas mãe-bebê e suas transformações. Estud. psicol. (Natal) [online]. 1999, vol.4, n.2, pp.273-288. ISSN 1678-4669.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X1999000200005.

Neste trabalho, adota-se a perspectiva sócio-cultural e pressupõe-se que as interações adulto-bebê são matrizes nas quais se constrói o desenvolvimento. Esta pesquisa teve como objetivo descrever e analisar as transformações nas atividades da mãe e do bebê, nas trocas interativas e nos contextos específicos em que tais atividades e interações ocorrem, em etapas iniciais de desenvolvimento do bebê. Foi realizado o registro em vídeo, em ambiente natural, da observação de uma díade mãe-bebê em quatro momentos de desenvolvimento do bebê: 2, 10, 15 e 21 semanas. Foram analisadas as modificações na natureza das interações, mudanças nas atividades dos parceiros (e.g., vocalização, fala, sorriso), nos tipos de estimulação por parte das mães (e.g., estimulação voltada para a mãe ou voltada para os objeto) e os diferentes contextos de interação. Os resultados obtidos mostraram-se convergentes com achados de pesquisas na área, ampliando-os. Foram identificadas, desde fases iniciais, interações como processos recíprocos de engajamento que tornaram-se mais freqüentes e complexos. Foi possível identificar interações mãe-bebê, caracterizá-las e ilustrar a natureza diferenciada das atividades e interações dos parceiros em momentos distintos do desenvolvimento do bebê. Os resultados apresentados puderam ser interpretados segundo a abordagem sócio-cultural, que considera as interações sociais como constitutivas do desenvolvimento.

Palavras-chave : Interação; interação mãe-bebê; desenvolvimento infantil inicial.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons