SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2R1-Forma B Intelligence Test and G36: evidences of convergent validityVisuo-spatial working memory in 7-12 year old children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Estudos de Psicologia (Natal)

On-line version ISSN 1678-4669

Abstract

MASIERO, André Luís. A Psicologia racial no Brasil (1918-1929). Estud. psicol. (Natal) [online]. 2005, vol.10, n.2, pp.199-206. ISSN 1678-4669.  https://doi.org/10.1590/S1413-294X2005000200006.

As teorias raciais chegaram ao Brasil por volta de 1869. Neste artigo procuramos demonstrar como estas teorias entraram no âmbito das ciências psicológicas e direcionaram conceitos e práticas. Foram analisados os anais da Sociedade Eugênica de São Paulo (1919) e os trabalhos apresentados no 1º Congresso Brasileiro de Eugenia (1929), que tiveram como meta "melhorar a raça nacional". Tanto aquela instituição quanto este evento científico contaram com a participação de psicólogos, psiquiatras e antropólogos que se aproximaram do racismo científico, muito difundido pelo mundo no início do século XX. Esta aproximação gerou uma "Psicologia Racial" no Brasil, a qual pretendia reduzir os saberes psicológicos a uma suposta problemática racial.

Keywords : psicologia; raça; eugenia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License