SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número3A Escala de Comportamento Ecológico: desenvolvimento e validação de um instrumento de medidaReforma psiquiátrica e exclusão: as experiências de Reggio Emilia a Perúgia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos de Psicologia (Natal)

versão On-line ISSN 1678-4669

Resumo

BATISTA, Cecilia Guarnieri; CARDOSO, Lucila Moraes  e  SANTOS, Mara Rúbia de Almeida. Procurando "botões" de desenvolvimento: avaliação de crianças com deficiência e acentuadas dificuldades de aprendizagem. Estud. psicol. (Natal) [online]. 2006, vol.11, n.3, pp.297-305. ISSN 1678-4669.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2006000300007.

No presente trabalho, foi levantado o problema da avaliação de crianças com diagnóstico de deficiência primária e acentuadas dificuldades de aprendizagem, que tendem a obter baixo escores em avaliações padronizadas. Questionou-se a prática de atribuir esses baixos resultados exclusivamente aos aspectos orgânicos da deficiência, levando a prognósticos desfavoráveis. Com base no conceito de zona de desenvolvimento proximal de Vygotsky, foram observadas e analisadas, em grupos de convivência com caráter psico-educacional, as interações de seis crianças que tinham obtido baixos resultados na aplicação de um teste padronizado (WISC Verbal), ou que tinham sido consideradas não-testáveis. Em todos os casos, foi possível identificar capacidades nessas crianças, muitas vezes representando momentos iniciais de aquisição de novos modos de ação, ainda bastante instáveis. Discutiu-se o fato de que situações de avaliação padronizada, em geral, não se constituem no melhor ambiente para a identificação de capacidades em aquisição, no caso dessas crianças.

Palavras-chave : zona de desenvolvimento proximal; deficiência visual; dificuldades de aprendizagem; avaliação em contexto; educação especial.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons