SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número2As crenças ambientais de trabalhadores provenientes de empresa certificada por SGA podem predizer comportamentos pró-ambientais fora da empresa? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos de Psicologia (Natal)

versão impressa ISSN 1413-294X

Resumo

RAMOS, Márcia Ziebell et al. Trabalho, adoecimento e histórias de vida em trabalhadoras da indústria calçadista. Estud. psicol. (Natal) [online]. 2010, vol.15, n.2, pp. 207-212. ISSN 1413-294X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2010000200010.

Os portadores de Lesões por Esforços Repetitivos (LER/DORT), além das queixas de dores osteomusculares, manifestam sofrimento psíquico relacionado ao adoecimento. Nesta investigação, buscou-se, por meio do método das Histórias de Vida, compreender como se constituíram as relações sociais de trabalho e os processos de adoecimento de trabalhadoras portadoras de LER/DORT, oriundas da indústria calçadista do Rio Grande do Sul, atendidas no Ambulatório de Doenças do Trabalho do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Realizaram-se entrevistas individuais abertas, que foram transcritas e analisadas. As recorrências e as singularidades presentes nos depoimentos originaram cinco categorias temáticas: trabalho infantil; baixa escolaridade e início da trajetória de trabalho na indústria calçadista; relação de prazer e sofrimento com o trabalho; marcas do trabalho no corpo; e afastamento do trabalho e sofrimento. As histórias destas trabalhadoras apontaram para as vivências de culpa, fracasso e exclusão, por não mais poderem desempenhar o que lhes é socialmente esperado: o trabalho.

Palavras-chave : trabalho; LER/DORT; histórias de vida; sofrimento psíquico; Psicologia Social.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português