SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue1Human rights and democracy in children's education: the role of the school psychologist at a pro-education associationBrazilian theses and dissertations about equivalence relations: a production analysis from 1998 to 2000 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Estudos de Psicologia (Natal)

Print version ISSN 1413-294X

Abstract

STRAPASSON, Bruno Angelo. A caracterização de John B. Watson como behaviorista metodológico na literatura brasileira: possíveis fontes de controle. Estud. psicol. (Natal) [online]. 2012, vol.17, n.1, pp. 83-90. ISSN 1413-294X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2012000100010.

Vincular o nome de John B. Watson ao Behaviorismo Metodológico e ao dualismo tem sido uma prática frequente e indiscriminada na literatura brasileira de psicologia. Este trabalho pretende identificar possíveis fontes de controle para essa vinculação. Constatou-se que a disseminação da ideia de que Watson é dualista ou behaviorista metodológico pode estar relacionada (A) à relutância de Watson em definir seus compromissos ontológicos em seus primeiros textos, (B) ao estilo de escrita de B. F. Skinner que critica o Behaviorismo Metodológico sem explicitar quem seriam os behavioristas metodológicos e (C) à influência do texto de Matos (1997a). Sugere-se que um retorno aos textos originais de Watson é necessário para a adequada caracterização de sua obra e compreensão da história do movimento behaviorista.

Keywords : John B. Watson; behaviorismo metodológico; influência intelectual.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese