SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número3As práticas integrativas e complementares grupais e sua inserção nos serviços de saúde da atenção básicaAnálise psicométrica da escala de heteroavaliação de estilos de liderança índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos de Psicologia (Natal)

versão On-line ISSN 1678-4669

Resumo

CRUZ, Bruna de Almeida; LEMOS, Flávia Cristina Silveira; PIANI, Pedro Paulo Freire  e  BRIGAGAO, Jacqueline Isaac Machado. Uma crítica à produção do TDAH e a administração de drogas para crianças. Estud. psicol. (Natal) [online]. 2016, vol.21, n.3, pp.282-292. ISSN 1678-4669.  https://doi.org/10.5935/1678-4669.20160027.

Este artigo tem como objetivo analisar a prática de realização de diagnósticos em seus efeitos de produção do TDAH como transtorno em crianças em período escolar e operar uma crítica aos encaminhamentos indiscriminados para psiquiatras, diante de acontecimentos que são transformados em queixa escolar e tomados como anormalidades. Entre os efeitos dessa prática muito recorrente na atualidade, está o crescimento exponencial da prescrição de drogas, tais como as anfetaminas para crianças, gerando graves problemas em suas vidas, o que deve ser alvo de uma problematização ética, política e social. Especificamente, a droga mais administrada nessa situação tem sido o metilfenidato e, no Brasil, ele tem sido amplamente vendido e utilizado nos casos avaliados como de desatenção e agitação psicomotora. Esse artigo é resultado de pesquisa de pós-graduação em psicologia em andamento e são apresentados, neste texto, resultados parciais do trabalho.

Palavras-chave : crianças; TDAH; escola; diagnóstico; medicalização.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )