SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4Improvement of functional capacity among elderly people undergoing isostretching interventionReliability of fleximetry and goniometry for assessing cervical range of motion among children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Physical Therapy

Print version ISSN 1413-3555On-line version ISSN 1809-9246

Abstract

GERALDES, AAR et al. Correlação entre flexibilidade das articulações glenoumerais e coxofemorais e o desempenho funcional de idosas fisicamente ativas. Rev. bras. fisioter. [online]. 2008, vol.12, n.4, pp.274-282. ISSN 1809-9246.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552008000400005.

OBJETIVO: Investigar a relação entre a flexibilidade da flexão e extensão das articulações glenoumerais (GU) e coxofemorais (CF) e o desempenho funcional (DF) de idosas funcionalmente independentes e fisicamente ativas. MÉTODOS: Determinou-se em 22 voluntárias (idade=70±6 anos) seis conjuntos de amplitudes de movimentos por goniometria ativo-assistida (ADM) na flexão e extensão das GU e CF. O DF foi determinado pelos testes: velocidade de caminhada habitual (VCH) e máxima (VCM); levantar e sentar em cadeira (LSC); Timed up and Go Test (TUGT); vestir blusa (VBL); subir degraus (SE); levantar do decúbito dorsal (LDD); pegar moeda no solo (PMS); teste de caminhada de seis minutos (TC6M). As associações entre as variáveis ADM e o DF foram testadas por técnicas de correlação simples e múltipla. RESULTADOS: Houve correlações significantes (p<0,05) entre as ADM de CF e os testes LSC (r=0,42 e r=0,45), SE (r=0,52 e r=0,53) e TC6M (r=0,58 e r=0,59) (lados direito e esquerdo, respectivamente). A correlação múltipla ratificou esses resultados (r2=0,51; p<0,05), indicando que 51% da variância nos testes deveu-se à ADM de CF. Não houve associações significantes entre as ADMs de GU e os testes de DF. CONCLUSÕES: Verificou-se associação significante entre a flexibilidade ativo-assistida de CF e alguns testes específicos de DF. Nenhuma relação foi identificada para ADM de GU. Estudos adicionais são necessários para elucidar as relações entre flexibilidade passiva de diferentes grupos articulares e a funcionalidade de idosos.

Keywords : envelhecimento; atividade física; flexibilidade; goniometria; aptidão física.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License