SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número5Respostas cardiovasculares a mudança postural e capacidade aeróbia em homens e mulheres de meia-idade antes e após treinamento físico aeróbioClassificação da função motora e do desempenho funcional de crianças com paralisia cerebral índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Physical Therapy

versão impressa ISSN 1413-3555versão On-line ISSN 1809-9246

Resumo

MACHADO, NP  e  NOGUEIRA, LT. Avaliação da satisfação dos usuários de serviços de Fisioterapia. Rev. bras. fisioter. [online]. 2008, vol.12, n.5, pp.401-408. ISSN 1413-3555.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552008000500010.

OBJETIVO: Caracterizar o perfil sociodemográfico e avaliar a satisfação dos usuários de serviços de Fisioterapia em Teresina (PI), com relação à agilidade para agendamento da consulta e atendimento, acolhimento, confiança, ambiência, humanização, acessibilidade, eficácia e expectativa sobre os serviços recebidos. MATERIAIS E MÉTODOS: A amostra foi constituída por 376 pacientes selecionados em três clínicas de fisioterapia da rede particular, municipal e estadual. Utilizou-se um questionário contendo dados sociodemográficos, de acesso ao serviço e informações relativas à satisfação dos usuários. Foram calculadas médias para variáveis contínuas por meio do teste de Kruskal-Wallis e do teste de Student-Newman-Keuls. RESULTADOS: Os usuários, na sua maioria, eram mulheres (62,5%), com uma média de idade de 49,5 anos (p<0,01), casados, analfabetos, com renda familiar entre um e três salários mínimos e SUS-dependentes. Consideraram fácil o acesso aos serviços; o meio de transporte mais utilizado foi o coletivo, e gastaram uma média de tempo de 28,8 minutos (p<0,01) para chegar ao local de atendimento. Relataram não ter tido nenhuma dificuldade no atendimento, porém 14% referiram a marcação de consulta e o tempo de espera como os problemas enfrentados nos serviços das redes municipal e estadual. A indicação médica foi o motivo principal da escolha do serviço, confiavam no atendimento recebido e os resultados do tratamento foram alcançados. CONCLUSÕES: A despeito da insatisfação apontada, a maior parte tem satisfação (75,5%) com o tratamento recebido e indicariam os serviços a terceiros.

Palavras-chave : avaliação; satisfação do usuários; serviços de saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons