SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue4Influence of pursed-lip breathing on heart rate variability and cardiorespiratory parameters in subjects with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)Dimensions of satisfaction of older adult brazilian outpatients with physical therapy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Physical Therapy

Print version ISSN 1413-3555On-line version ISSN 1809-9246

Abstract

COSTA, D; FORTI, EMP; BARBALHO-MOULIM, MC  and  RASERA-JUNIOR, I. Estudo dos volumes pulmonares e da mobilidade toracoabdominal de portadoras de obesidade mórbida, submetidas à cirurgia bariátrica, tratadas com duas diferentes técnicas de fisioterapia. Rev. bras. fisioter. [online]. 2009, vol.13, n.4, pp.294-301.  Epub Aug 28, 2009. ISSN 1413-3555.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552009005000041.

OBJETIVO: Comparar os efeitos da fisioterapia respiratória convencional (FRC) e FRC associada à estimulação diafragmática elétrica transcutânea (EDET) nos volumes pulmonares e mobilidade toracoabdominal em pacientes submetidas à cirurgia bariátrica. MÉTODOS: Este estudo prospectivo randomizado avaliou 44 mulheres candidatas a cirurgia bariátrica com 37,4±8,1 anos, índice de massa corpórea de 47,4±6,1 Kg/m2, no pré-operatório, 15º e 30º dias pós-operatório em relação às medidas do volume de reserva inspiratório (VRI), volume de reserva expiratório (VRE), e capacidade inspiratória (CI) e da mobilidade toracoabdominal por meio da espirometria e da cirtometria, respectivamente. A FRC consistiu de exercícios respiratórios diafragmáticos, inspirações profundas, fracionadas e exercícios respiratórios associados à movimentação dos membros superiores. Foi realizada uma série de 10 repetições cada exercício, duas vezes ao dia, durante a internação. Para a EDET, foram posicionados 2 eletrodos na região paraesternal ao lado do processo xifoide e outros 2, entre o 6º e 7º espaços intercostais, nas linhas axilares anteriores bilateralmente. O teste de Friedman foi utilizado para comparação de amostras repetidas intragrupos e o de Mann-Whitney para a comparação intergrupos. Um valor de p<0,05 foi considerado estatísticamente significativo. RESULTADOS: No grupo FRC+EDET, as medidas de VRI e VRE e mobilidade toracoabdominal apresentaram aumento significativo. Por outro lado, a CI evidenciou declínio significativo tanto no grupo FRC como no grupo FRC+EDET. CONCLUSÕES: As obesas submetidas à cirurgia bariátrica que receberam FRC+EDET no pós-operatório apresentaram maior ganho de alguns dos volumes pulmonares e melhora na amplitude de movimentos respiratórios.

Keywords : fisioterapia; estimulação elétrica; cirurgia bariátrica; obesidade mórbida; cirtometria; espirometria.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License